Bloodhound

Gentil, sensível e ótimo com crianças e outros animais.

 

Classificação Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) Grupo 6 – Sabujos e Rastreadores

Informações Gerais

Dócil, gentil e esperto. Sua natureza doce e sua aparência enrugada passam a imagem de um animal preguiçoso e relaxado, mas ele também é um ótimo farejador, muito inteligente e determinado. Seu temperamento o torna um ótimo cão policial de busca e salvamento, ele é capaz de seguir um rastro por quilômetros.

 

Conhecido por babar muito e exalar um odor característico de alguns cães de caça, ele também é teimoso e cheio de energia. Seu tamanho e sua necessidade de espaço para se exercitar dificultam a vida em um apartamento ou espaço pequeno.

 

Apesar de ser reservado quando encontra pessoas estranhas, ele é ótimo com crianças e outros animais.

Origem e história da Raça

País: França

 

Um cão de caça francês, conhecido por ser de sangue puro e raça nobre, que quase desapareceu durante a Revolução Francesa devido a extinção das grandes caçadas.

 

Foi na Inglaterra onde suas habilidades e seu faro foram apreciados e utilizados como ajuda para a força policial. O primeiro registro histórico de um Bloodhound rastreando um malfeitor foi em 1805.

 

A reputação dessa raça também sofreu muito durante a década de 50, onde o romance “Uncle Tom’s Cabin” descrevia esse cão como uma “besta cruel”. Apesar disso, em 1888 três Bloodhounds ingleses competiram no Westminster Kennel Club Show e chamaram atenção da nobreza americana, que foi responsável por voltar a reproduzir a raça.

Temperamento

Apesar de ter a reputação de velho e preguiçoso, o Bloodhound não é nada disso. Ele é ativo e muito brincalhão, apenas tem um jeito calmo quando está dentro de casa com sua família. Além disso ele é um cão extremamente confiável para conviver com crianças.

Curiosidades

▪ Houve uma época onde as identificações feitas pelo Bloodhound eram aceitas em tribunais;

 

▪ Participou de vários filmes no cinema, entre eles o conhecido “A família Buscapé”;

 

▪ Ele pode rastrear um cheiro deixado a 300 horas atrás, o que corresponde a 12 dias.

Cuidados e Bem Estar

Longas caminhadas diárias na coleira e um grande quintal cercado são necessidades básicas desse cão. Ele precisa gastar bastante energia em um ambiente controlado pois o seu faro pode fazê-lo seguir uma trilha por quilômetros de distância.

 

Esses cães são mastigadores, precisam de brinquedos próprios para mastigação e de uma constante orientação sobre o que ele pode ou não morder.

 

O pelo deve ser escovado semanalmente e suas rugas devem ser limpas diariamente, afim de evitar infecções bacterianas.

 

As orelhas devem ser limpas e checadas também semanalmente, em busca de sinais de mal cheiro e vermelhidão, que irão indicar se há alguma infecção.

 

Cortar as unhas uma ou duas vezes por mês e escovar os dentes do seu pet diariamente também são essenciais para a saúde dele.

 

Predisposição a doenças: Alterações endócrinas, renais, ortopédicas, cardíacas, oftálmicas, musculares, dermatológicas (síndrome uveodermatológica).

Aparência física

O seu crânio é alto e pontudo. A pele é solta e com várias dobras, os lábios são caídos e suas orelhas muito compridas. Seu dorso e quadris sólidos e suas coxas robustas passam a imagem de um cão maciço e forte.

Padrão de Pelagem

O seu pelo é raso, curto, denso, bastante duro e resistente à água.  A parte debaixo da cauda é coberta por pelos um pouco mais longos e mais duros. Ele pode ter 3 cores de pelo: os bicolores preto e fogo, fígado e fogo e unicolor vermelho.

Cuidados com os filhotes

É essencial que o adestramento comece nessa fase, pois ele será o responsável por amenizar seu temperamento teimoso e controlar sua vontade de mastigar todos os objetos da casa.

 

O exercício é importante desde filhote, mas sempre deve ser limitado até que ele atinja a maturidade física, afim de evitar problemas musculares no seu pet.

Valor de comercialização

R$ 2.000 a R$ 3.000

Perguntas Frequentes

O Bloodhound solta muito pelo?

Cai muito pelo e precisa ser escovado constantemente.

 

O Bloodhound é recomendado para crianças?

Devido ao seu grande porte eles podem acabar machucando crianças muito pequenas.

 

O Bloodhound late muito?

Ele late bastante.

 

O Bloodhound pode viver em apartamentos ou espaços pequenos?

Devido ao seu tamanho e a necessidade de gastar bastante energia ele não se adapta bem em lugares menores ou apartamentos.

 

O Bloodhound pode ficar sozinho em casa?

O Bloodhound ama estar com seus tutores e definha sem a companhia humana.

Ração DogBox

Expectativa de Vida

MÍNIMA

JavaScript chart by amCharts 3.21.13JS chart by amCharts
11 anos

MÁXIMA

JavaScript chart by amCharts 3.21.13JS chart by amCharts
15 anos

Altura


MÍNIMA

JavaScript chart by amCharts 3.21.13JS chart by amCharts
60 cm

MÁXIMA

JavaScript chart by amCharts 3.21.13JS chart by amCharts
67 cm

Peso


MÍNIMO

JavaScript chart by amCharts 3.21.13JS chart by amCharts
40 kg

MÁXIMO

JavaScript chart by amCharts 3.21.13JS chart by amCharts
48 kg

Características

Adaptabilidade
Nível de Afeição
Bom para apartamento
Tendência de latir
Amigável com gatos
Amigável com crianças
Amigável com cães
Necessidade de exercícios
Espaço necessário
Tosa
Problemas de saúde
Inteligência
Gosto por brincadeiras
Queda de pelo
Necessidade social
Amigável com estranhos
Territorialista
Facilidade de treinamento
Cão de guarda
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor